Segunda-Feira, 01 de Agosto de 2016, 23h:58 A | A

Renzi vem ver Olimpíada e aproveita para encontrar a comunidade ítalo-brasileira


Curitiba - PR

Foto Ansa/Arquivo Insieme

renzi2.jpg

O presidente do Conselho de Ministros do governo italiano, Matteo Renzi.

“Trata-se de uma grande ocasião: é a primeira vez que o jovem chefe de governo italiano visita a nossa cidade, verdadeira capital mundial da italianidade e dos 'italianos'!”. Com esse apelo, um mutirão está em andamento em todo o Brasil para lotar o salão do Círculo Italiano de São Paulo (a partir das 17 horas do dia 4) e do terraço da Casa d'Italia, no Rio de Janeiro (13hs dia dia 5) em recepção ao presidente do Conselho de Ministros do governo italiano, Matteo Renzi, que vem ao Brasil para as Olimpíadas, cuja cerimônia de abertura está marcada para iniciar às 20 horas da próxima sexta-feira.

As duas recepções à comunidade italiana previstas menos de uma semana antes do evento que traz Renzi ao Brasil, entretanto, pegou no contra-pé a maioria das entidades representativas da 'maior comunidade italiana do mundo' e nem mesmo os presidentes de Comites sabiam, nesta noite de segunda-feira, o que fazer: se haverá de fato um encontro institucional com o chefe do governo italiano ou o convite, que às últimas horas passou a ser multiplicado através das redes sociais, “é apenas para fazer número e lotar salão”. Não se tem notícias de encontros institucionais de Renzi no Brasil, a exemplo do que ocorreu na Argentina e no Chile, recentemente. Segundo o site “www.italiaemminasgerais.com.br” a visita de Renzi iniciará, dia 4, em Salvador, com uma visita ao projeto “Agata Esmeralda”, que se dedica a adoções à distância e apoio à maternidade.

O Brasil ocupa hoje, no cenário italiano, ponto de destaque nas questões que envolvem reivindicações ligadas ao direito de sangue, assegurado pela legislação peninsular: as chamadas “filas da cidadania” se esticam por dez anos ou mais, e sequer a taxa de 300 euros imposta há já dois anos sobre cada pedido de reconhecimento da cidadania alterou esse quadro, devido às deficiências da estrutura consular. Aguarda-se, também há mais de dois anos, que os recursos arrecadados com a famigerada taxa sejam devolvidos aos consulados, garantindo-lhes, assim, condições de melhor atendimento ao público. Duas petições populares ainda estão em curso neste sentido.

Com o timbre do Consulado Italiano de São Paulo, um “Save the Date” (geralmente utilizado para anunciar eventos com datas distantes) informava em italiano, nesta segunda-feira, que “O presidente do Conselho, Matteo Renzi, estará em visita a São Paulo dia 4 de agosto para encontrar a comunidade italiana no Círculo Italiano, às 17 horas”. “É importante que todos estejam presentes neste encontro com o presidente do Conselho Matteo Renzi – dizia o convite do Comites de São Paulo, a pedido do Consulado - para 'un caro venbenuto di tutta la comunità italiana e italo-brasiliana della circoscrizione consulare di San Paolo”.

Convite ao encontro com o presidente do Conselho de Ministros, Matteo Renzi, também foi expedido para “destinatários não nominados”, nos seguintes termos, pela deputada Renata Bueno: “Carissimi amici, il Presidente del Consiglio italiano, Matteo Renzi, è in procinto di arrivare in Brasile per partecipare all'apertura ufficiale dei Giochi Olimpici. In occasione di quest'evento mondiale, il giovane Primo Ministro non ha voluto perdere l'opportunità d'incontrare la collettività italiana, non solo a Rio de Janeiro ma anche a San Paolo. Sono, quindi, lieta di annunciarvi che egli ha programmato due incontri: il primo giovedì 4 agosto alle ore 17,00 presso il Circolo Italiano di San Paolo e l'altro a Rio de Janeiro venerdì 5 agosto alle 13,00 sul terrazzo del Consolato Generale. 

Anche a nome del nostro nuovo Ambasciatore d'Italia in Brasile, Antonio Bernardini, invito anche voi che siete lontani ad unirvi a questo evento storico, a rendere omaggio al Capo del Governo e rendergli visibile la forza della nostra collettività. Sperando di poter incontrare molti di voi nell'occasione, vi porgo un caro saluto, Renata Bueno”.

Já antes, o deputado Fabio Porta havia expedido e-mail bilingue nos seguintes termos: “O Presidente do Conselho Italiano, Matteo Renzi, encontrará a coletividade italiana de São Paulo na próxima quinta-feira, dia 4 de agosto, no Círcolo Italiano, às 17 horas. Trata-se de uma grande ocasião: é a primeira vez que o jovem chefe de governo italiano visita a nossa cidade, verdadeira capital mundial da italianidade e dos “italianos”! O Presidente Renzi virá ao Brasil para participar da abertura oficial das Olimpíadas, mas não quis perder a ocasião “histórica” de encontrar os italianos de São Paulo. O agradecemos por isso e, por esse motivo, estaremos em grande número quinta feira próxima junto a ele.”

Postar um novo comentário

Captcha

Comentários

  • Comente esta notícia


Copyright © 2014 - SOMMO Editora Ltda - Fone/Fax (041) 3366-1469 - Caixa Postal: 4808 - CEP: 82960-981 - Curitiba/PR