Quarta-Feira, 29 de Maio de 2013, 12h:49 A | A

Ao participar de seminário sobre novos investimentos, conselheiro Musillo destaca participação de capital italiano em empresas que operam no Brasil

CURITIBA – PR – Destacando que os recentes dados divulgados pelo Banco Central, segundo os quais a Itália figura como o segundo país que investe em empresas sediadas no Brasil, constituem “um dado muito importante” a assinalar o nível de colaboração da Itália com o desenvolvimento brasileiro, o conselheiro econômico e financeiro da Embaixada da Itália no Brasil Cristiano Musillo participou em Curitiba, no início desta semana, de dois eventos em que se foram analisadas propostas para novas oportunidades de investimentos Paraná-Itália.

Dentre as empresas que operam no Brasil e que contam com a participação de capital estrangeiro, a Itália figura em segundo lugar, logo abaixo dos Estados Unidos. Segundo Musillo há muito espaço para incrementar ainda mais os negócios entre os dois países.

Em função da crise atual que se abate sobre a Itália e a Europa, o governo italiano tomou “medidas significativas” para alavancar a retomada do crescimento e o Brasil – conforme observa Musillo – tem nisso um papel muito importante, juntamente com a comunidade ítalo-brasileira, empresários italianos e ítalo-brasileiros.

O conselheiro da Embaixada da Itália no Brasil enumerou os setores em que a Itália está mais interessada no Brasil: mecânica, modernização da infraestrutura em todos os níveis, meio-ambiente, energia e petroquímica. Sinalizou a Exposição Mundial de Milão em 2015 como um importante marco para as empresas brasileiras e paranaenses, principalmente no setor alimentício, combate à fome e segurança alimentar.

Musillo esteve, na segunda-feira, na sede da Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio e Indústria do Paraná, a convite do presidente Francesco Pallaro e, durante toda a terça-feira participou do Seminário “Oportunidades de Investimentos Paraná-Itália”, organizado na sede da Federação das Indústrias do Estado do Paraná em parceria com o Consulado Geral da Itália em Curitiba, Governo do Paraná, Prefeitura Municipal de Curitiba e entidades classistas do setor empresarial paranaense. O encontro está sendo concluído hoje (quarta, 29) com uma visita técnica ao Porto de Paraguá.

Do encontro da Fiep participou também uma comitiva italiana integrada por empresários, técnicos e lideranças classistas. Na abertura esteve presente a deputada Renata Bueno, além do cônsul Salvatore Di Venezia e do conselheiro Walter Petruzziello, do CGIE, além de Francesco Pallaro, da Italcam. Nele palestraram Mario Cobellini, da Secretaria Estadual de Indústria e Comércio; Carlos Alberto Gloger, presidente da Agência Paraná de Desenvolvimento; Fabio Scatolin, secretário municipal de Planejamento de Curitiba; José Richa Filho, secretário estadual de Infraestrutura, Rejane Karam, da Coordenadoria de Planos e Programas de Infraestrutura, Marcelo Passi Mafra, da Associação Comercial e Industrial de Londrina, Fernando Kireeff, da Agência Terra Roxa de Desenvolvimento, e Ricardo Barros, secretário da Indústria e Comércio do Paraná.

O evento integra o programa da terceira edição de “Mia Cara Curitiba”, iniciado dia 25 e que vai até o dia 9 de junho próximo.

No vídeo que preparamos sobre o evento, o conselheiro Cristiano Musillo fala dos setores em que a Itália está mais interessada em estabalecer parcerias com o Brasil.

O conselheiro Cristiano Musillo, da Embaixada da Itália no Brasil (Foto Desiderio Peron / Revista Insieme)

Postar um novo comentário

Captcha

Comentários

  • Comente esta notícia


Copyright © 2014 - SOMMO Editora Ltda - Fone/Fax (041) 3366-1469 - Caixa Postal: 4808 - CEP: 82960-981 - Curitiba/PR