Quinta-Feira, 14 de Dezembro de 2006, 14h:07 A | A

Apresentação do Ensemble Italiano em Curitiba

 

© Cassiana Toazza - Insieme / Curitiba

u CURITIBA - PR - A apresentação do Ensemble Italiano, na próxima segunda-feira, será o terceiro e último concerto de uma série promovida pelo Consulado Geral da Itália em Curitiba este ano.

 Em turnê pela América do Sul, o Ensemble Italiano se apresentará em Curitiba na Sociedade Garibaldi às 19h30 do dia 18 de dezembro. Assim como nos concertos precedentes - Duo Borgomanero-Zenamon e Duo Alban Berg -, a entrada será livre até a capacidade do local.
 
O Ensemble Italiano é composto pela clarinetista Maria Teresa Strappati, pelo pianista Marco Flumeri e pelo tenor Gian Luca Pasolini. O programa que será executado e o curriculum dos músicos poderão ser conferidos em seguida:
 
Concerto: Ensemble Italiano
Quando: 18 dezembro de 2006 às 19h30
Onde: Sociedade Garibaldi (Praça Garibaldi, 12 - em frente ao Relógio das Flores)
Entrada franca até a capacidade do local (300 lugares)
 
 
PROGRAMA:
 

I° PARTE

 

PUCCINI – da Gianni e Schicchi – O mio babbino caro

LEONCAVALLO – da “Pagliacci” – Vesti la giubba

LEONCAVALLO – Mattinata

VERDI – da “ la Traviata”  – Parigi o Cara

BELLINI – da “Sonnambula” – Duetto: Prendi l’anel di dono

SAINT SAENS – da Sansone e Dalila – Mon coeur s’ ouvre a ta voix (il mio cuore si apre alla tua voce)

ROSSINI – da  “Il Barbiere di Siviglia” –  Una voce poco fa’

BIZET – da “ Carmen” – Duetto

BIZET – da “Carmen” - Habanera

BIZET – da “ Carmen” – Toreador

VERDI -  da  “ la Traviata” – il Brindisi

 

 

2° PARTE

DONIZETTI – da “L’ Elisir d’ Amore” – Una furtiva lagrima

VERDI -  da  “la Traviata”  – E’ strano è strano

PUCCINI – da “la Turandot”  – Nessun dorma

 

I GRANDI CLASSICI DELLA CANZONE NAPOLETANA E ROMANA

dal Repertorio dei Tre Tenori

 

Core  n’grato, Santa Lucia, Torna a Surriento, Dicittencello Vuie

I te vurria vasà, , Marinariello, Tu si na cosa grande, Arrivederci Roma, Roma non fa la stupida stasera,  O paese d’ sole, Reginella, Malafemmena, O sole mio, o surdato ‘nnamurato.

 

 

Curricula dos músicos:

 

Maria Teresa Strappati (clarinete) – Diretora Artística

Maria Teresa Strappati é considerada pela imprensa uma das figuras mais prestigiosas do Concertismo do moderno.
Ocupa o cargo de Comissário Ministerial nos conservatórios de música do Estado italiano e Presidente da comissão julgadora de concursos internacionais. A história de um longo itinerário artístico e as suas execuções de Brahms, Schumann, Poulenc para clarinete e piano foram protagonistas em seis programas da RAI dedicados à “Grande Música”.
No “Ano Europeu da Música” dirigiu formações camerísticas para o Parlamento Europeu em Luxemburgo, na Baviera e na ex- Iugoslávia.
Ao reconhecimento pelo brilhante trabalho e elogios das autoridades políticas e culturais (do Presidente da República, Carlo Azeglio Ciampi, do Ministro para os Italiano no Mundo, Mirko Tremaglia, da Embaixada da Bélgica, da Embaixada da Findândia, Embaixadas e Institutos Italianos de Cultura em várias partes do mundo), soma-se a “Propiziatrice Benedizione Apostolica” de Sua Santidade o Papa João Paulo II.


Marco Flumeri (piano)

Professor de piano formado no Conservatório de Teramo, na Itália, desde 2005 compõe o Ensemble Italiano com o qual faz turnês em numerosos países do mundo e recitais para a RAI.
De 1986 a 1989 apresentou-se com a Orquestra Filarmônica de Castelfidardo; em 1988 e 1989 apresentou-se no programa “Festival”, no canal 5 dos estúdios Mediaset sob a direção de Pippo Baudo; de 1990 a 1995 realizou concertos com a Associação Lirica “P. Mascagni”; de 1995 a 1997 lecionou piano clássico e moderno no Instituto Musical “San Fiorentino” de Pesaro.

Gian Luca Pasolini (tenor)

Natural de Riccione (Itália), estudou nos conservatórios de Bologna e de Pesaro onde formou-se com a nota máxima com Robleto Merolla. Aperfeiçoou-se mais tarde com Alain Billard e Bernadette Manca di Nissa.
Conquistou numerosos prêmios, entre eles o prêmio de música vocal de câmara de San Pietro in Vincoli – Ravenna. Em 1999 debutou no Teatro Municipal de Bologna. Nesta cidade cantou “Ritorno di Ulisse in Patria” de Monteverdi, integrando a turnê que levou esta ópera em 2000-2001 a Erlangen, Marselha, Vancouver e Los Angeles.
Em 2003 apresentou-se no Teatro del Maggio Musicale Fiorentino e inaugurou a Estação Sinfônica do Teatro Bellini de Nápoles.
Em 2004 e 2005 cantou em teatros de Piacenza e Sondrio; interpretou Rossini, Donizetti e Mozart no Teatro Maggio Musicale Fiorentino, no Teatro Municipal de Bologna, Teatro Pergolesi de Iesi e no Teatro Verdi de Trieste.
Em 2006 participa das celebrações do 250o. ano de nascimento de Mozart e  da festa musical que comemora o 70o. aniversário do Maestro Zubin Mehta con Carmina Burana, em um concerto transmitido ao vivo pela RAI.

Postar um novo comentário

Captcha

Comentários

  • Comente esta notícia


Copyright © 2014 - SOMMO Editora Ltda - Fone/Fax (041) 3366-1469 - Caixa Postal: 4808 - CEP: 82960-981 - Curitiba/PR